From 1 - 10 / 57
  • As áreas de expansão da mancha urbana refletem basicamente a ocupação no ano de 2007 em Belo Horizonte.

  • Delimitação espacial do corredor ecológico Espinhaço Serra do Curral. A camada é o resultado final de estudos realizados pela Fundação Biodiversitas como parte de uma medida compensatória ambiental devida ao Município, e procura refletir a intenção do Município em proteger o patrimônio ambiental ligado à Serra do Curral, em Belo Horizonte. Sua elaboração contou com a participação de técnicos do Município e da sociedade civil em reuniões e oficinas realizadas para ajustes e revisão do trabalho técnico.

  • Instrumento voltado para viabilizar projetos urbanos de interesse público, articulados com a qualificação dos modelos de ocupação e uso de imóveis no Município, que prevê intervenções e medidas coordenadas pelo Executivo, com a participação de agentes públicos e da sociedade. Referente a Lei 7166/96.

  • Distribuição espacial do indicador ISA, Índice de salubridade Ambiental por sub-bacia hidrográfica no município de Belo Horizonte. Apresenta, por meio de números, a realidade do saneamento em Belo Horizonte por meio de quatro aspectos: 1. Abastecimento de água, 2. Esgotamento sanitário, 3. Resíduos sólidos, 4. Drenagem urbana. Se constitui no principal pilar do Plano Municipal de Saneamento de Belo Horizonte, PMS, tendo o objetivo de auxiliar na análise comparativa da “salubridade ambiental” entre as 98 bacias elementares e entre as 256 sub-bacias que compõem o território do Município, bem como sua evolução ao longo do tempo, indicando as áreas onde é maior a necessidade de se investir em Saneamento.

  • As áreas de expansão da mancha urbana refletem basicamente a ocupação no ano de 1950 em Belo Horizonte.

  • As áreas de expansão da mancha urbana refletem basicamente a ocupação no ano de 1999 em Belo Horizonte.

  • Representação territorial da localização da Rede Estruturante de Transporte Coletivo de Belo Horizonte de modo a cumprir os objetivos previstos no Plano Diretor de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte conforme Capítulo I do Título XI da Lei 11.181/2019.

  • Delimitação de pista de aeroporto em Belo Horizonte.

  • As áreas de expansão da mancha urbana refletem basicamente a ocupação no ano de 1918 em Belo Horizonte.

  • O dado apresenta os usos gerais permitidos nos logradouros municipais de acordo com a lei 7166/1996. A permissividade específica distingue grupos de usos distintos a serem admitidos para as vias considerando alguns tipos de zoneamentos e áreas de diretrizes especiais.